top of page
  • vanesarf

Para emagrecer você precisa entender como funciona a mente humana!

Dieta, academia, remédio, hormônio, bariátrica... soluções temporárias se a pessoa não toma consciência da dor emocional que leva a compulsão....

Atendi uma pessoa que fez bariátrica, emagreceu 30 kg e engordou tudo de novo. Por que? Restringiu o tamanho do estômago, mas continuava com "mente de gordo".

Vamos entender isso mais a fundo?

Diferente dos outros animais, o ser humano possui a capacidade de pensar, racionalizar, decidir, comparar experiências do passado para agir em prol dos objetivos no futuro.

Mas por que é que mesmo tendo vontade de mudar nossa vida, parece que toda pessoa tem seu "calcanhar de Aquiles, e continua caindo nas mesmas armadilhas mentais?



A humanidade vive em busca da resposta a esse questionamento, e desde os tempos mais remotos se debate sobre a dualidade humana: carne e espírito... razão e emoção... o que se quer fazer, e o que de fato se faz. A conclusão é de que apesar de termos livre-arbítrio, somos levados por uma força maior que nos leva a agir "sem querer", muitas vezes contra nossa vontade.

Para Grisa, o mentor da Parapsicologia Independente Científica, essa força maior que nos habita, é o Subconsciente, um mecanismo automático relacionado com as vivências individuais, familiares, culturais, e o instinto de sobrevivência de cada um.

Grisa dizia que "o ser humano é um, mas funciona como dois". A mente possui duas funções diferentes: Consciente e Subconsciente.

A função consciente é o que nos diferencia dos animais, é a nossa mente lógica e racional. Ela só funciona quando estamos prestando atenção. A mente Consciente "desliga" ao dormirmos, num desmaio, no coma. E nos permite planejar, algo que animais e plantas não conseguem fazer.

Estes são levados pelo Subconsciente, a função que nunca desliga. Que serve para proteger a vida, que é "programada, cria padrões de funcionamento e automatiza, executando os mesmos programas para garantia da sobrevivência do indivíduo.

O funcionamento do corpo humano, e do corpo de qualquer ser vivo está voltado para este objetivo: SOBREVIVER. Para o Subconsciente, é mais importante sobreviver, do que ser feliz, o que causa essa dualidade, de muitas vezes sofrer com a autosabotagem, que nada mais é do que um mecanismo de proteção da mente. E para proteger, a mente é cega e irracional.... Vai repetir padrões enraizados que já garantiram a sobrevivência antes. Exemplificando...

Se uma pessoa deseja muito fazer dieta e emagrecer, ela sabe que a atitude correta poderia ser buscar uma alimentação mais saudável, praticar exercício, investir numa terapia...

Digamos que ela inicie bem motivada, mas com preguiça de fazer exercício. Do que o subconsciente poderia estar querendo proteger?

Com toda certeza, do sofrimento... da morte. Se o organismo economizar energia, ele tem mais chances de sobreviver. E o exercício cansa, pode causar dor, exige tempo e disciplina. E só se é disciplinado estando consciente.

E a dieta, por que não vai pra frente? Pode ser que essa pessoa tenha se acostumado a comer alimentos calóricos, industrializados, e o paladar não é acostumado a frutas e verduras. Se comer é prazer, restringir o que ela gosta é sofrimento... Ter que preparar comida saudável dá trabalho... que a faz gastar energia... e gera cansaço, sofrimento... ou seja, o robô automático do Subconsciente vai tentar fugir e sabotar a dieta para evitar a ameaça. (parece irracional, mas é a lógica do nosso robô interno.)

Além disso, passar fome pode levar à morte... Uma pessoa que passa fome se sente irritada, triste, e age de forma impulsiva como reação automática do Subconsciente ao estado de emergência que o corpo sente... E a avalanche de sentimentos domina a pessoa, é difícil resistir à tentação e ela pode desistir da dieta.

E a terapia? Vamos com mais hipóteses. Se eu me descontrolo diante da comida, se eu odeio meu corpo, se me sinto incapaz de ser saudável, e me culpo pelos excessos... existe uma história pessoal por trás disso. Pode ter rejeição, humilhação, medo, abandono desde o útero materno.... É preciso coragem para mergulhar na própria história... A mente vai rejeitar a ideia se essa pessoa teve uma história de sofrimento. Mais uma vez a autosabotagem! Remexer no passado é perigoso... Terapia é perigoso... Mais uma vez, a proteção do Subconsciente vai mandar na vida da pessoa.

Percebe como não somos livres? Compreender que existe um piloto automático por detrás de nossas ações pode te libertar de padrões atrapalhados de comportamento. Mas de que forma? É possível ir contra crenças enraizadas lá no nosso eu profundo?

É necessário mudar a atitude mental, curar sentimentos, compreender a raiz do problema.

Sim! A hipnoterapia pode REPROGRAMAR e ajudar a pessoa a se harmonizar com sua narrativa pessoal. Mas tudo passa por primeiro, tomar consciência dos padrões atrapalhados que carrega, e buscar o equilíbrio...se sozinho você não consegue, busque ajuda terapêutica com um Parapsicólogo do Método Grisa, como eu.


47 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page